jogatina

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
PREVENÇÃO

Operação resulta em prisões e apreensões nos bairros do Tapanã, Pratinha e Cabanagem

Por Redação - Agência PA (SECOM)
20/03/2015 17h35

Policiais civis e militares ocuparam nesta sexta-feira (20) os bairros do Tapanã, Pratinha e Cabanagem, em Belém, realizando ações de prevenção e combate à criminalidade. O trabalho integrado nessas áreas será encerrado na próxima segunda-feira (23). Iniciada pela manhã, a operação resultou, até o final da tarde, nas prisões de nove pessoas - cinco delas eram foragidas do Sistema Penitenciário do Pará, três foram presas em flagrante por tráfico de drogas e uma por venda ilegal de gás de cozinha. Foram apreendidas mais de 30 gramas de maconha prensada, 18 petecas de cocaína, um revólver calibre 38 e 30 munições de calibres 9 mm e 38.

Ainda durante a manhã, diversas mídias piratas foram apreendidas em uma feira no bairro do Tapanã. As prisões e apreensões foram apresentadas na Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) do bairro do Tapanã, onde está sediada a operação. Entre as ações está a emissão de 100 carteiras de identidade, no sábado (21) e domingo (22), a partir de 8 horas, na sede da UIPP do Tapanã, na Rodovia do Tapanã, próximo ao cemitério municipal.

Sob a coordenação da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), a operação "Ocupação" conta com policiais civis e militares; guardas municipais de Belém; agentes da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Segup; da Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém (Semob); da Secretaria Municipal de Economia de Belém (Secon); da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma); do Departamento de Trânsito (Detran); do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp); do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e do Corpo de Bombeiros.

Fiscalização - A meta da ação policial, explicou o delegado Silvio Maués, diretor de Polícia Metropolitana, é promover ações de prevenção, como barreiras de fiscalização no trânsito e incursões pelas ruas dos bairros; dar cumprimento a mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão; reprimir crimes como tráfico de drogas, comércio ilegal de produtos falsificados e revenda clandestina de gás de cozinha, além de fazer averiguações em feiras, observando o ordenamento público; a identificação de crianças e adolescentes em situação de risco, e fiscalizar estabelecimentos comerciais, como bares, oficinas mecânicas e postos de venda de combustível.

Nas barreiras de trânsito os agentes realizam buscas e revistas pessoais e em veículos, nas principais vias de acesso aos bairros abrangidos na operação. Durante a noite, os policiais fiscalizarão o trânsito, por meio de barreiras nas principais vias dos bairros, a fim de evitar a direção de veículos por pessoas que ingeriram bebida alcoólica.

Ao longo do dia, nove pessoas foram conduzidas para a UIPP do Tapanã. Cinco delas são fugitivos do Sistema Penitenciário, e já respondem a processos. Um deles é Diego Oliveira Rosa, acusado de homicídio, roubo e estupro. Outros três presos, identificados como Ismael Moraes Ferreira, 18 anos; Diego Mendes Martins, 24, e Laise dos Santos Pamplona, 19, foram presos em flagrante, no bairro da Pratinha I, com drogas, munições, um revólver, celulares e dinheiro. Um homem foi flagrado enquanto comercializava gás de cozinha em um ponto clandestino, no Tapanã. Ele foi conduzido à UIPP, onde pagou fiança e vai responder ao processo em liberdade. Quatro botijões de gás foram apreendidos no local.

jogatina Mapa do site