jogatina

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
AUDIÊNCIA

Secretário de Segurança Pública recebe integrantes do Movida

Por Redação - Agência PA (SECOM)
26/03/2015 20h55

Um grupo de representantes do Movimento pela Vida (Movida) foi recebido na manhã desta quinta-feira, 26, pelo secretário de Segurança Pública do Estado e Defesa Social (Segup), Jeannot Jansen. Durante quase duas horas, parentes de vítimas de violência tiveram a oportunidade de conversar com o titular da Segup. O Movida, que iniciou com apenas seis pessoas, atualmente reúne 300 famílias. O trabalho social completou dez anos em janeiro de 2015 e objetiva acolher pessoas famíliares de vítimas da violência.

Parentes das vítimas falaram do sofrimento com as perdas e a dificuldades que enfrentam no âmbito da Justiça. O secretário ouviu os relatos e colocou a Secretaria a disposição dos representantes da entidade.

Para Iranildes Russo, o encontro com o gestor da área de Segurança foi satisfatório. “Fizemos uma visita institucional ao secretário e apresentamos as ações do Movimento, o nosso modo de luta em prol da justiça”, declarou a fundadora da entidade.

O secretário Jeannot Jansen assistiu a um vídeo institucional e conheceu detalhes da criação e atuação do Movida. O filme mostra os casos mais emblemáticos das vítimas de violência, as atividades sociais e acompanhamento dos julgamentos de envolvidos nos crimes, entre os quais policiais militares. Sobre o envolvimento de servidores e agentes do Sistema de Segurança em casos de violência, o secretário Jeannot Jansen defendeu o fortalecimento de setores e instâncias de correção dentro dos órgãos.

“A forma de colaborar com um movimento como este é por meio do reforço das estruturas do sistema de segurança e expedientes de correção como as corregedorias, ouvidorias, o serviço Disque-Denúncia e também o estímulo à participação de associações em reuniões do Conselho Estadual de Segurança Pública”, disse o secretário, referindo-se ao envolvimento de servidores.

De acordo com a Segup, somente em 2014, dezenove delegados foram desligados do serviço público por desobediência ou desvio de conduta. No mesmo ano, 44 servidores da Polícia Civil também deixaram os quadros da Secretaria por desobediência ou envolvimento em crimes. A reunião contou, ainda, com a presença dos delegados Sávio Batista, assessor jurídico, e Silvia Rego, diretora de Prevenção Social da Violência e Criminalidade, da Segup. 

<
jogatina Mapa do site