jogatina

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
CARNAVAL 2024

Estado alerta para cuidados e atenção à segurança durante os dias de Carnaval

Segup dá dicas para curtir a semana de folia longe de problemas e com foco na diversão

Por Carol Menezes (SECOM)
10/02/2024 09h00

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), junto aos demais órgãos de segurança, iniciou a  "Operação Carnaval 2024" em 70 municípios paraenses. A Segup informou, no último dia 7, que a operação vai contar com o reforço de mais de 2,2 mil agentes para maior tranquilidade nos dias de folia momesca.

A operação segue com ações ostensivas e preventivas, além de fiscalizações e orientações por todo o período, até a Quarta-feira de Cinzas, 14. "A operação se dá em em 70 municípios do estado que historicamente recebem maior fluxo de pessoas no período, e houve o reforço do efetivo ordinário que já atua nos locais. Todo esquema montado tem o objetivo de garantir maior tranquilidade aos paraenses para que o carnaval possa ser brincado e vivido com segurança", afirma o secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado. 

Dicas - Um Carnaval com segurança inclui manter o respeito e evitar "invadir" o espaço do outro. É essencial evitar brigas e conflitos, e, caso seja necessário, o indicado é sempre procurar um agente de segurança em caso de situações potencialmente violentas. Vale planejar, antecipadamente, o local em que se deseja estar, buscar ter informações detalhadas de como chegar e onde frequentar. Existem locais que, nessas datas, ficam fechados para circulação exclusiva de pedestres, daí a importância de se antecipar e se manter informado.

Outros cuidados que formam destacados incluem manter sempre atenção a objetos à frente do corpo e ficar atento às pessoas ao redor. Manter uma atenção especial também com crianças, sendo uma boa alternativa identificá-las com etiquetas. Vale marcar ainda os pontos para reencontros caso haja separações no grupo. Não aceitar bebida alcoólica de pessoas desconhecidas e beber de forma consciente. Não ostentar joias e nem portsr grande quantia de dinheiro em espécie. Nunca deixar de registrar a ocorrência e, se testemunhar um ato delituoso, informar rapidamente à Polícia Militar, utilizando o 190.

Caso a viagem seja feita de carro, não deixar exposto no veículo objetos de valor, sacolas, pacotes, documentos importantes. Quando acionar a trava do veículo, verificar se não tem alguém próximo a uma das portas, principalmente as de trás e sempre checar se as portas realmente travaram. Ao observar tumultos de pessoas, mantenha-se distante, afaste-se com cautela, sem correria. Cuidar de objetos pessoais e sempre levar consigo documento de identidade. Evitar locais, hábitos, horários, atitudes e pessoas que possam levar a situações de risco.

Ao sair, leve consigo chaves e documentos necessários. Deixe pessoas de confiança com cópia das chaves e instruídas para ligar e desligar luzes em horários adequados, disponibilizando seus contatos e do local onde ficará durante o período.

Guarde objetos de valor em locais seguros e comunique sua saída apenas a pessoas de sua confiança, optando por colocar malas e sacolas nos veículos em horários seguros e evitando fazer este procedimento à vista de curiosos.

Atente para os registros de gás e de energia, bem como cheque o trancamento de janelas e portas. Tenha sempre à mão os telefones úteis de segurança e de monitoramento de sua casa e de sua rua, além dos contatos da Zona de Policiamento onde mora, telefones de vizinhos e pessoas de confiança que você pode contar para qualquer eventualidade.

"Não é não!" - As ações de segurança também estarão voltadas para a campanha “Não é não!” de combate e enfrentamento aos crimes de importunação sexual e assédio sexual cometidos contra os grupos vulneráveis.

Durante a folia é importante que a mulher esteja atenta aos sinais de importunação sexual, para que a vítima saiba identificar pelo que passou e procurar ajuda o mais rápido possível para receber o atendimento adequado, encaminhada para perícias que, em alguns casos, precisam ser realizadas imediatamente para que tenham maior efetividade, além de outros cuidados. 

Em caso de importunação sexual, o ato é caracterizado por toques e outros comportamentos praticados pelo agente, contra a vontade da vítima, para autossatisfação sexual. O crime de estupro também é um ato libidinoso cometido pelo agressor com uso de força ou grave ameaça à vida da vítima. Já no estupro de vulnerável, a vítima não tem a capacidade cognitiva de consentir para aquele ato e o abusador se aproveita da situação. 

Uma forma de prevenção é sair com pessoas conhecidas e comunicar eventos posteriores se for vítima ou presenciar um desses crimes.

Cédulas falsas - Durante a agitação é comum as pessoas não se atentarem para as cédulas, apesar do uso com mais frequência do Pix, é importante ficar atento para não cair em golpes e ficar atento se o dinheiro é verdadeiro.
 
A primeira dica é posicionar a cédula em direção a luz a fim de encontrar a marca d’água. Um fio escuro no meio da nota ficará visível e poderá enxergar o valor da mesma e a palavra reais.

jogatina Mapa do site