jogatina

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
AGRICULTURA E PESCA

Emater garante acesso para R$ 500 mil em crédito rural à agricultura familiar em Oeiras

Projetos contemplados com recursos do Pronaf, e a liberação pelo Banco da Amazônia, vão desenvolver produções de açaí, mandiocultura e da pesca

Por Ascom (Ascom)
07/02/2024 12h25

Neste início de ano, 24 famílias de agricultores ribeirinhos, do município de Oeiras do Pará, no nordeste do estado, receberam a primeira parcela referente ao financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os beneficiados foram contemplados com a aprovação de mais de R$ 500 mil, em projetos de crédito rural, elaborados pelo Escritório Local (Esloc) da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-Pará), no município.

Os projetos são referentes ao Pronaf, das linhas “Floresta”, “A” e “B”, com liberação pelo Banco da Amazônia (Basa) e fomentam as cadeias produtivas do açaí e da mandiocultura, além de incentivar a pesca artesanal.

“Os pagamentos são realizados em até três parcelas. Quando estiver no período de receber a outra parcela iremos à propriedade verificar o serviço realizado, corrigir e orientar, e com essa visita é emitido um laudo técnico que é encaminhado ao banco para que possa ser pago mais uma parcela. Assim no período de carência de 2 anos acompanhamos o projeto, se ocorrer algum problema, somos acionados para resolver e emitir o laudo técnico ao banco”, explicou o chefe do Esloc da Emater, de Oeiras do Pará e engenheiro agrônomo, Manoel Azevedo.

“Os agricultores são orientados a procurar a Emater para qualquer eventualidade que possa ocorrer nesse período, e oficializamos ao banco para que o produtor não seja prejudicado”, frisou Azevedo.

Investimentos

Dos mais de R$ 500 mil em projetos de crédito rural, cerca de R$ 470 mil serão investidos na produção do açaí. O financiamento objetiva melhorar a cadeia produtiva do alimento, principal fonte de trabalho e renda das famílias da região. Um total de 16 agricultores estão entre os beneficiados. Todas são extrativistas e manejam açaí nativo e de várzea.

O produtor, Izaque de Oliveira Nunes, 35, é um dos beneficiados com o crédito rural, com o Pronaf “A”, e receberá em torno de R$ 36 mil ao final do projeto. Há cerca de um ano ele é atendido pela Emater, na propriedade de 4 hectares, na comunidade do Rio Itaucu, onde produz cerca de 80 razas de açaí por mês. Com o recurso do Pronaf, o agricultor vai investir ainda mais na produção. “Vou investir em plantações e no manejo do açaizal. A expectativa é de uma boa safra este ano”, ressaltou Izaque Nunes.

Só do Projeto Assentamento Extrativista (PAE), da Ilha do Caí Grande, no Rio Pará, 6 famílias vão poder reforçar a produção do açaí. Cada um vai receber um total de quase R$ 40 mil.

Manejo

Em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Emater realiza capacitação de manejo de açaí com baixo impacto ambiental, para que o produtor faça o manejo corretamente.

A expectativa para a próxima safra é que a produção aumente com os investimentos e as orientações técnicas recebidas pelos agricultores. “Esperamos que a produção de açaí dobre e que o excedente possa ser vendido no período chuvoso, já que o fruto é um dos principais alimentos da região”, destacou o chefe do Esloc da Emater Manoel Azevedo.

Em 2023, o Escritório Local da Emater, em Oeiras do Pará, levou atendimento para 420 famílias. A unidade conta com uma equipe de dois servidores, o chefe do Escritório, Manoel Azevedo e a pedagoga, Andressa Gonçalves, cedida pela Prefeitura Municipal de Oeiras do Pará.

Texto de Sarah Mendes / Ascom Emater

jogatina Mapa do site