jogatina

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
NOVOS MODELOS DE NEGÓCIOS

Programa StartUp Pará incentiva projetos inovadores e sustentáveis nas escolas

Uso inteligente da energia, criação de lixeiras e vasos ecológicos, reutilização do óleo vegetal e papelaria sustentável integram as iniciativas contempladas

Por Governo do Pará (SECOM)
26/05/2023 13h07

Com o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas que facilitem a realidade do cenário escolar e promovam um ambiente de ensino de inovação e sustentabilidade, o edital ‘Hackathon Educação e Ideais Sustentáveis’, iniciativa do Programa StartUp Pará, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), contempla, desde fevereiro, estudantes do ensino técnico e superior de Belém e do interior do Estado com bolsas de estímulo às novas experiências.

Cinco projetos aprovados pelo edital estão em desenvolvimento: Projeto Energy Save: uso inteligente da energia; Reutilização de monitores CRT para criação de lixeiras ecológicas; Empoderamento Feminino na Informática com a Construção de Vasos de Plantas com Fontes de Computadores Queimados; Reutilização do Óleo Vegetal Comestível Usado do Restaurante Universitário do IFPA Campus Itaituba e da Comunidade do Entorno do Campus; e Papelaria Sustentável: Produção de Papel Reciclado como Alternativa para Reutilização dos Resíduos da Comunidade Escolar. 

“O StartUp Pará é um programa que trabalha iniciativas voltadas para um ambiente de empreendedorismo no intuito de contribuir com uma estratégia de estímulo para o surgimento de diferentes ideias inovadoras e sustentáveis. Já foram lançados nove editais com diferentes formatos para públicos diversos com esse objetivo”, ressalta Maria Trindade, coordenadora do StartUp Pará.

Estudante de Engenharia ambiental e sanitária do Instituto Federal do Pará (IFPA), em Itaituba, Raianda Nunes é uma das pesquisadoras contempladas com o programa, por meio do estudo sobre a transformação do ‘óleo vegetal usado’ em sabão ecológico, que busca evitar a contaminação do solo, dos rios e dos recursos hídricos da região, contribuindo para a preservação do meio ambiente e impactando positivamente na qualidade de vida e na saúde das pessoas que vivem no bairro Maria Madalena no município. 

“A bolsa de estudos proporcionada pelo programa oferece recursos essenciais para o avanço do projeto. Com o apoio financeiro, é possível adquirir os materiais necessários, equipamentos e insumos para a produção do sabão ecológico. Além dos benefícios ambientais, o projeto também promove a capacitação técnica de mulheres dos municípios e consequente oportunidade de geração de renda, com inclusão social e o empoderamento feminino, contribuindo para a construção de um futuro mais sustentável e igualitário”, explica Raianda Nunes.

ACOMPANHAMENTO – Os projetos são acompanhados pela comissão avaliadora do edital, que trimestralmente reúne com alunos e professores para saber do andamento de suas ações. Todos os projetos já desenvolveram reuniões e palestras de sensibilização com a comunidade (alunos, professores, técnicos, diretores, coordenadores e sociedade civil). Alessandra Arnund, integrante da comissão avaliadora do ‘Hackathon’ conta que o projeto de papel reciclado já desenvolveu, inclusive, um curso para os alunos dos cursos de Agroecologia e Meio Ambiente da EETEPA Cametá sobre o tema, com a produção de cadernos, blocos de notas, flores e sacolas de presentes.

“Os resultados apresentados em benefício da sustentabilidade do ambiente escolar se dão a partir do momento em que materiais que seriam descartados de forma irregular no meio ambiente estão sendo destinados para outras utilidades ou diminuindo o consumo dentro das escolas, como carcaças de computadores sendo reutilizadas como lixeiras ou vasos de plantas, óleo de cozinha usado sendo transformando em sabão em barra e líquido, papel sendo reciclado e diminuição do consumo de energia das centrais de ar das salas de aulas”, reforça Alessandra.

As bolsas do programa são ofertadas no valor de R$ 400,00 a R$ 1.000,00, com vigência de 12 meses.

jogatina Mapa do site