jogatina

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
SUPORTE

CHC destaca a importância da fisioterapia na assistência de seus usuários

De janeiro a setembro deste ano, o hospital garantiu a realização de 19.384 atendimentos a 1.782 pacientes

Por Vera Rojas (HEMOPA)
20/10/2022 09h42

Equipe de colaboradores participa de atividade de fisioterapia no Complexo Hospitalar dos Caetés (CHC)Referência em várias especialidades com assistência de média e alta complexidade para usuários do nordeste paraense, o Complexo Hospitalar dos Caetés (CHC), composto pelo Hospital Regional dos Caetés e Policlínica dos Caetés, em Capanema, destaca a importância do serviço de Fisioterapia, em especial, em Terapia Intensiva em adulto, dentro da assistência hospitalar.

Segundo o coordenador do serviço de Fisioterapia do Hospital Regional dos Caetés, Felipe do Carmo Silva, de janeiro a setembro deste ano, a equipe, composta por 15 profissionais com atuação 24h, garantiu a realização de 19.384 atendimentos abrangentes a 1.782 pacientes. Desse total, foram 384 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, totalizando 10.170 atendimentos em pacientes críticos.

“Todos os pacientes que ficam internados na UTI adulto dos Caetés recebem atendimento fisioterapêutico para melhorar a função respiratória e/ou motora, que contribui para extubação desses usuários de uma forma mais rápida, diminuindo o tempo em Ventilação Mecânica Invasiva (VMI), proporcionando movimento terapêutico com exercícios para prevenir os agravos associados ao imobilismo”, explicou o profissional.

Paciente utiliza equipamento para tratamento fisioterápicoEntre os usuários atendidos está o pedreiro José Wilton Araújo Ribeiro, 54 anos, que recebeu assistência em Ortopedia e passou por procedimento cirúrgico na clavícula. Internado por 10 dias, esta semana, ele retornou ao CHC para iniciar atendimento em fisioterapia. “Achei muito bom fazer tratamento aqui na minha cidade e perto da família. Só gratidão pela equipe”, destacou o usuário que não precisou ir pra UTI, mas teve prescrição para realizar sessões de fisioterapia pra finalizar o tratamento.

Simpósio - Dentro da programação elaborada em comemoração à categoria que teve seu dia festejado em 13 de outubro, estava a realização do I Simpósio de Fisioterapia em Unidade de Terapia Intensiva Adulto, que contou com 56 participantes, de forma on-line, do Pará e de diversos estados do Brasil.

Para Felipe do Carmo, o simpósio foi um marco para Fisioterapia da região dos Caetés.  “O evento foi destinado para acadêmicos e profissionais que atuam com pacientes graves, em estado crítico, que necessitam de suporte respiratório invasivo com atuação terapêutica e motora para que os pacientes possam sair da UTI com mínimo de lesões e maior funcionalidade”.

Ele destacou ainda a importância do enriquecimento aos profissionais e acadêmicos “Foi um presente para estes profissionais que receberam certificados”. O evento contou com a parceria do Instituto acional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), que administra a gestão do CHC em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A ação de educação em saúde contou também com apoio da empresa Carleto Reabilitação.

O coordenador de Fisioterapia do HRPC falou ainda da importância de treinamento constante da equipe para melhorar cada vez mais o serviço oferecido com maior qualidade e segurança do atendimento, que também foi realizado ao longo deste mês.

Os pacientes atendidos são procedentes dos municípios vinculados ao 4° Centro Regional de Saúde (4°CRS), composto por Capanema, Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Nova Timboteua, Ourém, Peixe-Boi, Primavera, Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, Tracuateua e Viseu, mas também são atendidos usuários provenientes de outras regiões.

Serviço: O Complexo Hospitalar é composto por órgãos do Governo do Pará, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Sespa. As unidades hospitalares atendem usuários 100% SUS, na avenida Barão de Capanema, nº 3191, no bairro Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (91) 3462.3051.

jogatina Mapa do site