jogatina

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
COMUNICAÇÃO

Central de cadastros de visitantes realiza média de 300 atendimentos por dia

Localidade: Diversas localidades
20/02/2018 14h26
">
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca (foto), de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe
">
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca, de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe
">
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca, de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe
">
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca, de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca, de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ <div class='credito_fotos' id=Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe   |   Download
">
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca, de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca, de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ <div class='credito_fotos' id=Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe   |   Download
">
A Central de Cadastro de Visitantes (CCV) da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) atende, em média, 300 pessoas por dia. Desde que foi inaugurada, em 2015, mais de 32 mil pessoas estão regularmente cadastradas para realizar visitas aos internos, nas 46 unidades prisionais do Estado. A Central está instalada no prédio-sede da Susipe, no bairro de Batista Campos, em Belém. O espaço é amplo, climatizado e oferece os serviços de cadastro de visitantes, psicologia e assistência social, além de atendimento jurídico e de saúde. Para as crianças, o espaço conta ainda com uma brinquedoteca e um fraldário. Bianca Almeida, de 25 anos, é esposa de um detento custodiado na Central de Triagem da Marambaia (CT-MAB). Enquanto esperava o atendimento, o filho de Bianca, de apenas dois anos, se divertia na brinquedoteca. FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 20.02.2018 BELÉM - PARÁ
Foto: Akira Onuma / Ascom Susipe
mais galerias de fotos
jogatina Mapa do site